Entrada Publicações Artigos Geral Bate Estradas Nº 41 - ISTO SÓ EM MUEDA – TRÊS E OUTROS DEZ
Bate Estradas Nº 41 - ISTO SÓ EM MUEDA – TRÊS E OUTROS DEZ PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Avaliação: / 5
FracoBom 
Escrito por Administrator   
Sexta, 16 Novembro 2012 15:59
Indíce do artigo
Bate Estradas Nº 41
GELERA PÁ
ISTO SÓ EM MUEDA – TRÊS E OUTROS DEZ
Todas as páginas

ISTO SÓ EM MUEDA – TRÊS E OUTROS DEZ

Mueda, uma placa estreitinha uma pista velhinha e um clube do Zé Especial bem pequenino mas
muito acolhedor.
Ali se recebia toda a gente desde o mais competente oficial ao mais inoperativo dos militares.
Era domingo e tinhamos recebido pelo jornal A Bola (a bíblia do desporto), já mais que atrasada na
sua feitura, a notícia de que iriam jogar os dois maiores clubes de Portugal: Sport Lisboa e Benfica e
Sporting Clube de Portugal, que nessa época o clube dos "Andrades", ainda era um dos pequenos e
que pelo seu provincianismo quando passava a ponte D. Luís, levava sempre para "assar".
Contava o João Rita com a sua bonomia de algarvio inveterado uma das melhores anedotas jamais
pelos meus jovens ouvidos apreciada.
O comandante de A.M. tinha chegado pela primeira vez a Mueda e foi verificar que não havia
nenhuma mulher naquele cú de Judas e logo ficou perplexo e pensando como aquela rapaziada se
satisfazia nas suas necessidades sexuais e pior ainda como é que ele o iria fazer que isso o
incomodava pois se tinha como um garanhão de primeira lavra.
Tratou de chamar o sargento mecânico chefe de classe, homem de muitas tarimbas e que de
comissões por terras do Ultramar se podia gabar de ter estado nos 3 teatros de guerra e sempre nos
seus queridos teco-tecos e logo ali lhe fez a pergunta de como a rapaziada se satisfazia e se não via
mulher alguma, como se poderiam manter aqueles jovens em paz e sossego.
Lhe responde o sargento do alto da sua sabedoria: "saiba meu capitão que só nos podemos servir do
cozinheiro". O oficial jovem e homem de bastos escrúpulos, nem queria acreditar no que ouvia "O
COZINHEIRO" ? E não se calava, resmungando entre dentes, quase um doberman "O
COZINHEIRO" !!!!
Tempo passou e o oficial já não aguentando a aridez sexual a que estava devotado, 2 meses passados
sem carne de fêmea, foi tentado a chamar o sargento e pedir-lhe que arranja-se o tal cozinheiro, mas
que as coisas tinham que ficar só entre eles TRÊS.
Responde-lhe o sargento que entre só os TRÊS não podia ser pois que teria de ficar entre os TREZE.
Entre os treze ? Admirado e revoltado disse o oficial: porquê entre os TREZE?
Meu capitão entre nós os TRÊS E OS OUTROS DEZ QUE SÃO PRECISOS PARA AGARRAR O
COZINHEIRO.
Luis Henrique (Hica)

BATE ESTRADAS

Informativo do NANAMUE

Grupo Nacala-Nampula-Mueda & Outros

N° 41 Ano 9 OUTUBRO / NOVEMBRO 2012

41ºENCONTRO (CONVIVIO DE NATAL)

01/12/2012

ARRUDA / V.FRANCA



Actualizado em Sexta, 16 Novembro 2012 16:32
 
Copyright © 2019 Nanamue. Todos os direitos reservados.
Produzido por IfThenElse, Lda.
 

Secções